domingo, 5 de abril de 2009

Eternamente

Pela primeira vez não tenho pedras nos sapatos
Acho que não me lembro de não estar incomodado
Hoje não estou.

Estou acomodado e nem sei se isso é bom
Nunca estive assim antes
Quase podendo tocar o som

Ah! o doce som da sua respiração, então...
...Me dê seu ultimo suspiro
Antes de ir embora
Para que você possa respirar eternamente
Em meu coração.

E eu viverei eternamente em seu amor
Depois das chuvas,
Depois do mundo,
Depois de Deus,
Depois de tudo.

Nós voltaremos
Donos do nosso mundo
Do ceio real do nosso amor.

Então me dê seu ar
Para que eu possa respirar em você
Mesmo que não nos vejamos mais

Eu viverei em você e desse ar
E te esperarei do outro lado
Como uma pedra no mesmo lugar.

2 comentários:

  1. Nossa!!! eu acho que ela chorou quando leu isso... muito bom!

    ResponderExcluir
  2. Muito lindo,

    uma declaração...e tanta!

    Profundo!!!

    ResponderExcluir